Anti-Hack: Novas medidas e melhorias para combater os trapaceiros do Free Fire


Se você joga Free Fire, eu posso falar sem medo de errar que você já caiu pelo uma vez com algum hacker em uma partida, mesmo que ele não tenha conseguido te matar. E isso soa tão triste, né? Um jogo com um potencial enorme, tomado por milhões de hackers.

Porém, como em toda atualização do jogo, o anti-hack ou anti-trapaças (chame como quiser) irá atualizar, mas não só ele. Algumas novas medidas que implicam diretamente na criação de novas contas também serão tomadas para que impeça os hackers de criá-las após serem banidos.

A primeira medida imposta pela Garena afeta diretamente as novas contas convidadas. Elas não poderão ser usadas para jogar partidas ranqueadas por um determinado período de tempo.

A segunda medida, mas não menos importante, pode ser um tanto quanto radical, pois se trata de banimento temporário. O jogador que tiver muitas denúncias terá sua conta retida temporariamente para análise.

Caso confirmado que o jogador não infringiu nenhuma regra das políticas do jogo, a conta será liberada posteriormente. Mas caso seja comprovado que o conta em questão desrespeitou ou usufruiu de trapaças, a mesma será banida permanentemente.

Sabe qual o maior problema disso? Há muitas pessoas que denuncia simplesmente por raiva de ter morrido, e aí é que vai vir diversos bans injustos. Claro que não permanentes, mas ninguém merece ficar sem jogar na sua conta por causa de uma análise sobre algo que o mesmo nem fez.

Mas eu ainda acho precipitado opinar sobre a decisão da Garena agora, por isso, recomendo que a gente espere para ver na prática como isso irá funcionar.

 

Você pode gostar...