Bloqueio do Caixa Tem: saiba em quais casos será possível liberar acesso via WhatsApp

A Caixa Econômica anunciou nessa semana que centenas de milhares de poupanças digitais foram bloqueadas preventivamente, e por isso os afetados deverão passar por uma confirmação de identidade antes de retomarem o acesso a essas contas.
As medidas foram tomadas após o banco identificar um potencial número de contas fraudadas, mas parte do lote que sofreu essa suspensão carece apenas de confirmações cadastrais devido a informações incompletas em sistemas públicos.

Assim, nesse último caso – que pode representar até 49% das contas bloqueadas – os beneficiários do Auxílio Emergencial poderão enviar documentos faltantes por WhatsApp. Quem puder fazer essa confirmação de identidade remotamente será avisado assim que tentar entrar na sua conta Caixa Tem. Todas as instruções individualizadas constarão lá.

Aqueles que são suspeitos de fraudarem o benefício deverão se encaminhar a uma agência do banco público portando um documento de idade, sem possibilidade de enviar a documentação de forma digital. Também nesse caso, o aplicativo Caixa Tem avisará das instruções individualizadas de como proceder.

Vale lembrar que o Caixa Tem também vem sendo utilizado para o depósito do FGTS Emergencial.

A Caixa promete que após o envio da documentação via WhatsApp para os casos em que isso seja possível, o desbloqueio do acesso acontecerá em até 24 horas.

Vale lembrar, o governo já começou a pagar a quarta parcela do Auxílio Emergencial. Ela será depositada nos valores de R$ 600 ou R$ 1.200 a depender do perfil do beneficiário. Em agosto acontecerá o crédito da quinta e última parcela.

 

Você pode gostar...